Posts com tag “Paris

Vídeos de pesquisa de moda @revistacatarina

Amores, no site da Catarina você encontra vídeos que produzimos durante as coberturas internacionais. Para quem ama street style e é viciado em blogs que trazem tudo das ruas, agora pode conferir em vídeo. Tem também pesquisa de sapatos da Premiere Classe, a segunda parte desse vídeo trará vestuário e acessórios e ontem postamos a entrevista com a desiner brasileira Andreia Chavez. Tudo produzido em Paris. <3

 

 

 


Yoshiyuki Miyamae, novo diretor criativo da Issey Miyake e eu

Um dia após o desfile da Issey Miyake na semana de moda de Paris, a convite deles, fomos até o showroom na Place de Voges. Um lugar lindo, super francês, nada fácil de encontrar, mas muito charmoso e encantador. Confesso que estava bem nervosa, fiquei tensa por mil motivos, afinal uma entrevista com japoneses, você não sabe até onde pode ir, questionar, muito menos se estarão abertos e serão simpáticos. Gosto dessas sensações na minha vida, acho importante valorizar cada conquista e vivenciar cada segundo especial…No dia em que eu não sentir mais o frio na barriga e não perceber a grandiosidade do momento que estou vivendo, largo a moda, porque é sinal de que não vivo mais encantada pela magia que me fez optar por ela.

Sempre gostei muito do trabalho realizado por Dai Fujiwara na marca, mas esse novo momento, com Yoshiyuki Miyamae, apresenta a possibilidade de renovação na Issey. A entrevista foi muito tranquila, fui surpreendida por uma calorosa recepção e muita simpatia nas respostas. Fui uma das primeiras editoras de moda a visitar o novo diretor criativo no showroom, fiquei honrada.

A delicadeza japonesa apareceu no contexto da nossa conversa, as respostas (que vocês verão na matéria que gravamos e estará no nosso site) são daquelas que nos deixam refletindo por horas. Pude fazer todas as perguntas que gostaria, e os trinta minutos que tínhamos com eles, acabou virando uma hora de entrevista. O material está ficando lindo, logo mais vocês poderão conferir no site da Catarina.


Para alimentar a alma, parte 2.

Dando sequência na busca por bons trabalho e referências que “alimentam a alma”, como citei no post anterior, encontrei esse vídeo lindo. Foi tão bem executado que venceu o Nokia Shorts de 2011.

Splitscreen: A Love Story from JW Griffiths on Vimeo.


Peachoo + Krejberg/ Mugler/ Rochas

Lady Gaga abalou o segundo dia de Paris Fashion Week. A cantora fez performance no último desfile do dia, Mugler. A marca arrasou, procovou gritos na platéia (nada comum na sobriedade francesa) e apresentou uma coleção com o perfil do seu novo direto criativo: Nicolas Formichetti, um dos mais famosos stylists do momento. Nicolas é responsável pelos tão comentados figurinos de Lady Gaga, então nada mais normal que a musa pop aparecer no desfile que marca a sua primeira coleção na Mugler. A transmissão em tempo real na internet foi um sucesso e já dá para perceber que a aposta feita pela direção da marca foi certeira. Todos os flashes do dia de hoje devem reverter em ótimos números para os negócios da marca, afinal mídia na moda é moeda de troca, ganha quem se destacar mais e fazia tempo que a Mugler não aparecia como apareceu hoje. Lady Gaga deu uma aula para as modelos na passarela, que se atrapalharam com as plataforma gigantes e ela saiu pulando de feliz no final do desfile com a plataforma que parecia impossível de andar. Isso que é auto confiança.
Mas destaque o destaque do dia vai apara Peachoo + Krejberg que apresentou todas as tendências da estação na sua coleção e ainda assim conseguiu imprimir o seu DNA. Peles misturada com rendas e botas que foram feitas para virar objeto de desejo foram as estrelas na passarela da marca. A arquitetura que faz parte da história da Peachoo + Krejberg também apareceu nas golas altas e estruturadas, ótima criação sem cair no clichê comercial.  Os estilistas reforçam na entrevista que a mulher que idealizam na sua criação é forte, com personalidade e objetiva. Ótima aposta, afinal grande parte das consumidoras de moda em potencial se enquadram nesse perfil atualmente.

Peachoo + Krejberg AW 2012

E assim como foi visto em Milão, a Rochas propõe um retrô moderno e minimalista. As peles, que estão presentes em grande parte dos desfiles, apareceram nos acessórios como chapéus e os tons monocromáticos são sóbrios como o marinho ou pasteis. E a melhor peça da coleção foi o macacão azul apresentado com fluidez. Mas isso ainda é apenas o segundo dia da Paris Fashion Week, novas apostas devem surgir nos próximos dias e o caso John Galliano também deve vir com novidade.

Rochas - AW 2012 - Paris Fashion Week


59, Rivoli – Residência de artistas franceses

 

Uma galeria, residência de vários artistas, onde é possível entender mais de arte e analisar obras com seus autores ao lado, desenvolvendo novas e explicando suas inspirações. O endereço é o nome desse lugar, 59 Rivoli, que é imperdível para quem passa por Paris. Ontem, sábado, perdi a noção de tempo durante a visita nos cinco andares dessa galeria. A entrada é gratuita, mas a instituição conta com a colaboração dos visitantes para manter o projeto. Por apenas 5 euros, você compra um cartão que o torna membro oficial e assim ajuda financeiramente os artistas.

Fecha apenas na segunda e nos outros dias abre  das 13 às 20 hrs.

 



O dia em que conheci Gareth Pugh

 

pati-luxembourg1

No Jardin du Luxenburg, que fica ao lado do nosso hotel. Pela foto vcs conseguem ter uma noção do mega frio que está por aqui. Tem gente que não gosta muito, mas eu estou feliz, afinal sou de Lages. (para quem não sabe, Lages é super interior de SC. Uma cidade que é charmosa por ser tão fria.)

 

pati-e-bia

nos1

 

No Jardin du Palais Royal, onde quer que a gente vá, sempre estamos passando por ali. Olha só, esse casaco que estou nessa foto, vcs irão me ver em muitas fotos, porque com esse frio todo só ele me aquece. rs

 

 

video

 

O vídeo de lançamento da coleção verão 2009-2010 de Gareth Pugh. Vcs podem

 

 

Gareth e a Natasa Vojnovic, modelo que estrelou o vídeo, no momento em que ela foi parabeniza-lo.

 

1

 Ruth Hogben, diretora do vídeo, que simplesmente nos faz ficar sem piscar.

 

tipo-fa

 

Momento tiete: não resisti e depois de entrevistá-lo fui “obrigada” a tirar uma foto com ele. (Lembra de Karl da última vez? ) Ele não queria dar muitas entrevistas, mas amou saber que ia falar para o Brasil. “Que bom falar para um lugar diferente”, disse ele. Fofo, né?

 

amigos

 

Amigos “montados” de Gareth Pugh

 

 

dsc07859

Gente, em Paris, o selo é do Ungaro.

 

dsc07885

 

Vai ter um super exposição sorbre Andy Warhol, infelizmente começará no dia 18 e já estarei de volta. Essa é a divulgação que está acontecendo nas estações de metro da cidade.

 

dsc07843 

 Nova campanha das Galerias Lafayette


Pagar pelo Fashion Rio? Não, obrigada. Vou para Paris!

fashion-rio-copy

 

 

 

 

Hoje começou o Fashion Rio, não estou lá. Estou aqui em Floripa mesmo, tocando as milhares de coisas que tenho que fazer. Mas não estou aqui porque tenho algo contra o evento, de maneira alguma, muito pelo contrário. Mas não vou pagar para cobrir o Fashion Rio, já basta os custos do SPFW. Sim sim, nós da Catarina temos que pagar as despesas para cobrir o evento, acredita? Pois é, também não entendo isso.

 

E o pior de tudo é que há jornalistas daqui de SC que vão a convite da assessoria e nem estão trabalhando em veículo algum. Mega irritação, sério mesmo. Mas sabe por que? Porque já estão sendo levados há muito tempo, quando eu ainda nem pensava em trabalhar com moda. rs  

 

Ou seja, as assessorias dos eventos nem conferem quem tem mais peso e abrangência de mídia no momento, só vai no embalo. Quem já foi, continua lá. E quem é “novo” no mercado (temos 3 anos e meio, eu acho um bom tempo) continua de fora. Ultra absurdo!!!

 

Certo está o Oliveros, que arma o barraco com as assessorias. Acho que é só assim mesmo que elas respeitam, porque se esperar pelo profissionalismo “espontâneo”, podemos esperar sentados.

 

Então, se tenho que escolher entre as duas semanas de moda para levar minha equipe, vou optar pelo SPFW, concorda? Me nego a pagar pelas duas semanas de moda, porque o custo é altíssimo (passagens, estadia, alimentação e transporte) e se tenho que investir na produção do material, vou investir em conteúdo internacional. Até mesmo porque já estaremos presentes no SPFW.

 

 

Não estou desvalorizando a moda nacional, longe disso. Mas como imprensa, vou onde valorizam meu trabalho e solicitam a cobertura da Catarina. Essa é mais uma razão para estarmos mais uma vez na semana de moda de Paris, talvez Londres tb, mas essa ainda não está confirmada.

 

Enfim, o Fashion Rio continuará presente na Catarina sim, faremos a cobertura a distância e também pelos nossos amigos jornalistas freelas. Mas quero constatar aqui que a Assessoria do Fashion Rio, a Approach, não levou a maior plataforma de mídia de moda do sul do país pra cobrir o evento. Nós que temos a principal revista de moda do Sul (com circulação nacional), único programa de moda em canal aberto e portal.

 

Bem, se tudo isso ainda não é suficiente para a Approach, não posso fazer nada mais.

 

 

 

 


Semaine des Créateurs de Mode – Paris

Os dias têm sido foi ultra corridos, cansativos e ótimo. Estamos fazendo vários desfiles, já passa de cinqüenta horas de material gravado. Veja bem, precisamos de duas horas e meia, já que serão cinco programas especiais gravados aqui. Isso é só pra vcs terem noção da quantidade de coisas que estamos cobrindo.

  

Olha, vou contra a correnteza, vou destacar um estilista que não se fala muito fora daqui: Lie Sang Bong, um koreano que está dominando a capital francesa. Coleção impecável, com muita geometria e shapes futuristas. O estilista foi intitulado embaixador do design de Seul, que quer mostrar ao mundo seu potencial criativo.

 

 

 

Bem, quem estava encantada com a coleção era Susie lau, que foi mega assediada pela imprensa. Conversei com ela (deu uma mini- entrevista para o programa), que falou muito sobre a imagem positiva que levou de SP e das pessoas que conheceu aqui (Glauco ela falou de vc,viu que chique?) e da enorme vontade de voltar para conhecer mais do nosso mercado de moda.

 

 

Alguns looks tinham layers / camadas bem finas que criavam um ótimo efeito na passarela.  

 

 

As estruturas com a estampa geométrica era uma tela bem delicada que permitia essa construção na peça.

 

Como aqui tudo é mega tranqüilo, muito diferente do backstage que fazemos no Brasil, que ficamos hooooras na porta para entrar e tem milhares de jornalistas querendo entrevistar e tal, aqui nós temos ficado até o final, porque conversamos com calma com os estilistas, fazemos as imagens que queremos com muita tranqüilidade e por isso temos presenciado vários momentos mais íntimos da equipe, se é que podemos chamar dessa maneira. rs

Abaixo é  equipe de Lie Sang Bong tirando a foto final, no momento que todos estavam indo embora, chegaram a nos convidar para participar da foto. Mas aí já é se julgar intima demais,né?

Já Anne Valérie Hash lembra muito Huis Clos, não só na criação, mas também na semelhança da diretora criativa, principalmente no comportamento, gentil e delicado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No backstage a top Irina Lazareanu.

 

Na correria entre um desfile e outro, é impossível não perder nada. Perdemos o desfile da marca de lingerie Marlies Dekkers, que é queridinha das celebridades e faz parte do calendário off do evento. Rolou no Palais de Tokyo, que é um lugar incrível, super de vanguarda e mega longe de onde estávamos, mas tudo bem, não fomos só nós que saímos correndo desfile da AF Vandervorst, todas essas pessoas também chegaram mais tarde. Ó o Yvan Rodic, do Face Hunter, de camisa xadrez, ele também chegou tarde. rs

 

Voltando para as celebridades do desfile, olha só alguns dos nomes que estavam presentes: Ne-Yo, Usher, Kelly Rowland e  Solange Knowles. Na foto abaixo o Usher e a Kelly ficou escondida ao lado dele.

 

 

Bem, apesar de termos chegado tarde, conseguimos fazer todas as entrevistas e o vídeo pegamos depois. E a festa da marca que rolou no Baron, não tive forças para ir, estava cansada demais. Sempre é assim, prometo para mim mesma que vou nas festas de moda, mas chega na hora só penso na minha cama.

 

 

E voltando ainda um pouco antes, o desfile da AF Vandervorst, que aconteceu no parking Turenne, foi incrível, amei a make que super aumentou a boca das modelos. Uma coleção bem “dona de casa fetichista”, que na minha opinião funcionou muito bem, várias peças-desejo e ficou muito claro que as meias continuam mais presentes que nunca no verão 2009/ 2010. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aliás, meia aqui em Paris é uniforme, as francesas sabem usar muito bem as meias, que já faz parte do guarda roupa delas. Outra coisa que vem chamando minha atenção aqui é o preto, todo mundo SÓ veste preto, um verdadeiro batalhão de fashinistas, todos nas mesma cor. 

Bem, mas como nem tudo são flores… Não entramos no desfile da Dior. É para ficar arrasada,né? Pois é, apesar de ter recebido a confirmação de que estávamos na lista, chegou na hora não estávamos. Aff. Estava acontecendo tudo muito direitinho mesmo, alguma coisa era para acontecer, mas porque justo no desfile da Dior? rs

Bem, como diz aquele ditado: com limão se faz uma limonada. Como não entramos, peguei minha máquina e me diverti junto com os fotógrafos atrás das celebridades. Dei muita risada junto com os fotógrafos japoneses, onde tinha um tumultozinho eu ia lá ver também.

E foi aí que tirei essas fotos:

 

A editora da Vogue Francesa, Carine Roitfeld e sua saia jeans

 

 

Katy Perry, a moça que canta “I kissed a girl”.

 

 

A cantora Lily Allen.

 

 

Dita Von Teese, que já havíamos encontrado no desfile da Vivienne em Londres.

 

 

Emma Watson, a atriz do filme Harry Potter que virou ícone fashion.

 

 

 

 

Marion Cotillard, a atriz vencedora do Oscar de melhor atriz, que interpretou Edith Piaf.

 

 

Anna Piaggi, da Vogue Itália.

 

 

 

Bem, o que se fala po aqui é que a marca que reposicionar com uma imagem mais jovem e moderna, pelo o que vimos dessas celebridades, faz super sentido essa teoria, porque ter na primeira fila Emma, Dita, Lily Allen e Katy Perry não pode ser apenas acaso do destino. Concorda?

 

Hum… deixa ver o o que mais…

 

 

Super me emocionei com o desfile da Cacharel, que comemorou 50 anos da marca, no backstage rolou um super choro coletivo de emoção. Achei bacana a estilista conceder a entrevista pra gente em meio à lágrimas.

 

 

E outra emoção foi assisitir hoje o desfile do Issey Miyake que apresentou uma coleção inspirada no Brasil. Amei ver uma leitura não caricata do nosso país, a criação tirou o que há de melhor na natureza, trabalhou com oito cores da nossa floresta e ainda trouxe um vestido que foi criado em conjunto com Oscar Niemeyer. Quando cheguei para a entrevista no backstage, todos estavam animadissimo para explicar a coleção para TV brasileira, principalmente como aconteceu esse criação do vestido Niemayer. Foi óteeeemo.

 

 

E para encerrar esse post, a mensagem final da coleção de Véronique Branquinho: frescor. Não só pelos recortes nas costas, mas também pelos ventiladores que foramram a cenografia do desfile de hoje a noite.
 

 

 

 

 

 

 

 

 


Colocando os posts em dia…

Bem, tenho mil coisas atrasadas para postar, estou super atrasada com minhas matérias para o fechamento da edição, porque falta tempo para fazer tudo o que eu quero. Todos os dias, quando chego em casa, falo com o Brasil. Acompanho tudo que está acontecendo lá na redação, tanto com os clientes quanto com nossos produtos, porque aflita em não estar a par de tudo que rola por lá. Ontem acabei dormindo apenas três horas para conseguir responder todos s emails… enfim, hoje vou fazer uma mega ultra post-resumo para tentar ficar mais em dia com o blog.

 

Vou começa pela resposta da pergunta que todos me fazem, que é onde estou hospedada. Como seria um período relativamente longo, um mês, optei pelo aluguel de um apartamento em Paris.  É mais em conta, vc se sente em casa e, o melhor de tudo,vive mais da cultura da cidade. Na minha opinião, é mto melhor que estar em um hotel, eu não aguento ficar um mês fora de “casa”. O apartamento que escolhemos é pequeno, mas fofo e uma delícia. As fotos abaixo são do site, porque pela bagunça das nossas malas e compras não tive coragem de publicar as fotos com nós hospedadas aqui. Tem muitas malas e sacolas de compras por todos os lados…

 

Se você está pensando em vir passar um tempo em Paris, eu super aconselho a alugar um apartamento aqui. A agência que escolhemos foi a Paris Attitude, o atendimento não é óteeemo, mas tem uma grande cartela de opções de imóveis.

Essa é a Rue de Malte, onde fica o nosso prédio na Republique.

 

 

 

Os dias tem sido muito corridos, são muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo e, como vocês sabem, na semana passada fomos para Londres fazer a semana de moda. Fomos a vários desfiles, o que rendeu dois programas especiais “London Fashion Week”. Uma matéria que ficou ótema foi com os estilistas da New Generation, conversei com alguns que selecionei, entre eles Sandra Backlund que eu já havia entrevistado para a última edição da Catarina. Já sou fã dela. Além das coleções incríveis que assina, Sandra já criou uma coleção para Louis Vuitton.

 

 

Aqui as gêmeas da marca Felder Felder,que estão loucas para vender no Brasil. Nenhum dos jovens estilistas que entrevistei vendem no Brasil, mas pelo que ouvi por lá, parece que compradores da Daslu e da NK Store estiveram dando uma olhada nas coleções.

 

 

 

E Hannah…

 

 

 

Foi em Londres ainda que comemoramos o aniversário de 27 anos da Bia em um PUB.

 

 

Acredito que das matérias, uma das mais interessantes será sobre o desfile da marca Basso & Broke, não é para menos, já que temos o Bruno (brasileiro) como uma das cabeças da dupla criativa. A entrevista com ele foi ótima, pena qe não conseguimos ir na festa que aconteceu no mesmo dia a noite, porque estávamos muito cansadas.

 

 

Bruno foi super procurado pela imprensa.

 

 

Aqui o convite da festa.

 

 

Se não estou enganada com a data no mesmo dia teve ainda o desfile da designer Jenny Packhan, eleita melhor designer de vestidos e noiva de 2008. Mais uma coleção ligada a dança, com inspiração nas bailarinas, nada de muito novo, mas linda.

 

 

Olha quem estava na primeira fila…

 

 

E dos outros desfiles visto vale comentar ainda Vivienne Westwood, com várias celebridades na primeira fila. De Kate Moss a Pamela Anderson acompanhada com um homem mascarado misterioso. Tem que rir, né?

 

 

 

Bem, Vivienne não conversou com a imprensa e passou horas conversando com crianças, não entendi nada, por isso se alguém souber o que isso significa me conta, por favor? Essa foto a Bia tirou mega rápido, porque é super fã da Vivienne e queria muito uma foto com ela, mas como a estilista não estava nos seus melhores dias (pelo menos com a imprensa) ela só chegou pertinho.

 

 

 

Como vcs sabem ou sincera e conto as coisas, porque não fico fingindo que tudo é normal…então, fiquei impressionada por estar sentada entre editoras de revistas como Bazaar e Glamour. Aqui eles abrem as portas para a Catarina por ser revista e programa de TV, tudo que solicitei não tive dificuldade nenhuma em conseguir, sei que já falei isso, mas é que me irrito muito com algumas assessorias no Brasil. Somos discriminados em vários momentos por não estar no eixo Rio -SP, sério mesmo. Aqui tudo é muito diferente, é uma maravilha.

 

Enfim, nós iríamos para  Milão, mas nesse meio tempo, muitas pautas foram confirmadas em Paris, o que fez que nós voltássemos direto pra cá. Fiquei arrasada por não poder ir na festa de 60 ano da Adidas, eu queria muito, mas não rolou.

 

To be continued…

 

A sequência desse post vem amanhã ou depois, vou dormir porque amanhã tem mais um dia de Premiére Vision.